MAIS DO MESMO

Fases do fim de relacionamento
Baseado em fatos reais

Terminar um relacionamento é um saco. Vou repetir isso uma porção de vezes até me conformar ou descobrir o motivo pelo qual as pessoas têm que passar por isso ( vide o texto aí debaixo ). Mas, tirando do que já vi e já vivi, dá pra ver que esse final passa por algumas fases. Elas não estão necessariamente nessa ordem, e podem acontecer todas juntas. Às vezes leva-se anos para passar por todas ( ou pelo menos a maioria delas ). Às vezes leva-se alguns poucos dias. Não importa, de todo jeito… Terminar um relacionamento é um saco. Saco.

1 – CHOQUE ( Ou, “Hã?” )
É quando acontece. Ponto final, acabou. Não deu tempo de perceber nem pensar em nada ainda, só se percebe a realidade. Dessa vez, foi. Caiu no chão, quebrou, já era. Não importa quem entrou com o pé e quem entrou com a bunda. Tão pouco importa o motivo ( desamor, traição, tédio, medo, ciúme, atormentações em geral, você descobrir que o cara é um chato, etc, etc, etc ). Você não reage, não respira, não entende, não consegue pensar. É como se a vida se suspendesse por um momento, fazendo você se debater no ar sem conseguir pisar no chão. É um saco. Mas passa logo.

2 – DOR ( Ou, “Vou morrer disso” )
As horas passam um pouquinho. Os dias vão vindo. E você se dá conta que não é mesmo só mais uma briga. Acabou. Sua vida vai seguir e aquela pessoa não vai mais estar por perto. E aí começa a doer. Às vezes, dói no dedinho mindinho do pé; outras, dói o corpo todo. A cabeça, o peito, o coração. Você fica gripada, não quer dormir, não quer comer, só chora e fica ouvindo músicas de fossa. As pessoas se preocupam com você, mas nada te consola e nem te anima. Você tem certeza que nunca vai superar aquilo. Mas, sendo uma pessoa normal, você vai superar. Só que até lá… É um saco.

3 – RAIVA ( Ou, “Que vá queimar no mármore do inferno”)
Aqui, você começa a ter raiva, ódio, nojo do indivíduo. Se pergunta dia e noite como você pode ter se apaixonado por alguém tão chato, tão nojento, tão feio, tão sórdido, tão cafajeste, tão… Tão. É a hora de pegar um saco de lixo e fazer uma limpa, rasgar fotos e cartas, mandar devolver presentes. Você joga pragas, diz pra todo mundo que não quer ver nem pintado de ouro, deseja todo o mal pra ele. E se tiver uma nova moça no meio… Coitada. Ela também será atingida pelos seus poderes destrutivos. Você jura que odeia essa pessoa do fundo do coração. Mas não odeia não. E é um saco perceber isso.

4 – RACIONALIZAÇÃO ( Ou, “Eu nem queria mesmo.” )
É a hora de se acalmar. Você procura mantras, textos de apoio, psicólogos, os amigos. Todos dizem o mesmo, que você é linda, maravilhosa, e logo vai achar um outro fofo… Que nada acontece por acaso, que foi melhor assim, etc. E você vai repetindo todas essas ladainhas e fingindo acreditar. Você racionaliza, explica o seu romance todo e as razões e desrazões de tudo ter começado ou acabado. E, durante um tempo, isso funciona muito bem. Você parece pronta pra seguir sua vida sem pensar no indivíduo, desejando pra ele um caminho de luz. Mas só parece. Saco.

5 – VINGANÇA ( Ou, “Ele me paga.” )
Aqui, é uma recaída da fase da raiva. Só que agora, você acha que só conseguirá purgar seu ódio se fizer ele te pagar com juros os preciosos momentos que você perdeu com ele. Você traça planos mirabolantes. Procura essas mulheres que fazem feitiços na boca do sapo. Dá telefonemas anônimos pra família e pra namorada dele. Faz fofocas. Difama. Arruma um outro só pra passar na frente dele e fazer o maior farol. Dependendo do caso, xinga diretamente, move ações na justiça, tira tudo que puder dele. Mas aos poucos você percebe que isso não adianta nada, que saco.

6 – DESPREZO ( Ou, “Nem ligo”)
É a hora de fazer força para esquecer. Você entende que essa adrenalina toda não faz bem pra alma e nem pra pele, e decide sossegar. Simples. Só não pensar. Ignora totalmente a existência dele. Nem enxerga mais. Esquece do número de telefone. Arquiva tudo que se escreveram e se deram numa caixa, lacra e coloca no fundo do armário. Pronto. Tudo enterrado. Mas o defunto logo começa a arranhar o caixão querendo sair. E sai. Saco.

7 – VAZIO ( Ou, “…” )
Saco.

8 – RECAÍDA ( Ou, “Qualquer uma das anteriores” )
Aqui é uma recaída de qualquer uma das fases anteriores, ou de todas juntas. E o seu saco fica cheio como nunca.

9 – SAUDADE ( Ou, “ai ai ai…” )
É a hora de encarar que saudade dói. E mesmo sendo um saco… É preciso sentí-la, até esgotá-la, se esgotar. É quando você deixa de resistir pra curtir essa dor até o fim. E, geralmente é quando caem todas as fichas.

10 – SUPERAÇÃO ( Ou, “Bola pra frente” )
O tempo passa, passa, passa. As coisas se acomodam. Aos poucos, você vai ficando sem pensar. Começa realmente a ver o lado positivo das coisas. Começa a se desligar. E quando você vê… A pessoa está longe dos olhos e do coração. E vira uma lembrança gostosa de lembrar e reviver. De repente, você pode até virar amiga do fulano. Ou até ficar com ele de vez em quando. A doença já curou. Passou. E o seu saco esvazia, ficando pronto pra começar a encher de novo com o próximo. Afinal, como se diz por aí… A fila tem que andar.

E ainda bem que anda mesmo.

Anúncios

3 comentários sobre “MAIS DO MESMO

  1. A fase da recaída do namoro, faltou essa. Quando você jura que já superou e só está ficando de vez em quando com o/a ex, qual o problema? Nós sabemos bem qual o problema… Adorei!

    Moça | Email | Homepage | 30-09-2003 17:29:45

    Acho q faltou uma fase aí, princesa, aquela q a gente quer procurar a pessoa de volta e pedir arrego, e às vezes faz isso mesmo. Todas as vezes q eu terminei algo, tive essa fase. É q vc é durona, mas a maioria das pessoas passa por isso, ao menos eu acho. Bjos carinhosos, continue respirando o ar LIVRE. Ful

    Ful | Email | 28-09-2003 10:14:57

    Va escrever livrinhos pra ajudar pessoinhas igual eu…rs beijus

    Larica | Email | Homepage | 27-09-2003 23:47:42

    Concordo com o rapaz aí, ganhe dinheiro com o seu talento pra escrever!!!! E ah, eu beijei!!!!!!!!!!!! Naum posso dizer que foi tudo de bom, foi estranho. Mas BRIGADA, vc salvou minha vida amorosa!!!! Vamos ver se eu consigo continuar beijando. E beijos pra vc, seu blog tá d++++++++++!

    Mila | 27-09-2003 22:34:29

    Há, como não poderia deixar de ser, me identifiquei, né?! Sim, menina, a fila anda… É estranho pensar que você sofreu tanto um tempo atrás e, que sabe-se lá pq, ela andou… E seu coração parou de sentir aquele peso, parece novo em folha (guardando mais uma experiência, e não mágoa:-))… E isso é gostoso, a gente percebe que sacudiu a poeira, sabe levantar e voltar para o jogo, ser e fazer alguém feliz.:-) Obrigada pelo almoço, pela companhia, por tudo do findi passado, viu? Beijos:-*

    Taty* | Email | Homepage | 27-09-2003 21:57:05

    Muito bom!

    moonthoughts | Email | Homepage | 27-09-2003 21:21:29

    Achei muito legal!! Parabéns. Isso tudo faz parte do nosso desenvolvimento emocional. Quem não passar por isso, está frito…. ganhar, ter, perder, superar e novamente ganhar.

    Paulo/Rj | Email | 27-09-2003 19:59:17

    Por favor. Eu imploro. Escolha uma editora, arranje uma gráfica e faça seu(s) livro(s). rsrs. ;-**

    Mulder/RJ | 26-09-2003 22:29:31

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s