ANO NOVO, NOVINHO!

Meu sentimento em relação ao Natal é inversamente proporcional ao sentimento em relação ao Ano Novo. Se um me causa sensações de tristeza e tensão, o outro me provoca euforia, alívio e uma felicidade quase automática.

Durante esses dias, estive correndo pra arrumar uma porção de coisas que achava importante. Arrumei armários, podei as plantas, joguei muita coisa fora, deletei arquivos antigos do computador, comprei roupa nova, tracei alguns planos. Claro, ficou inevitável fazer aquele balanço do tempo que se foi. Percebi que esse ano, definitivamente, não foi fácil. Coisas ruins aconteceram, muitas, aliás; muitas derrotas, muitos problemas, muitas perdas, muito cansaço. Mas, que interessante, me sinto vitoriosa; e estou aqui de pé e pronta pra outra. E é por isso que eu adoro ano novo. A impressão que tenho é que tudo isso vai ficar enterrado. Existente, sim, afinal o que é enterrado não deixa de existir. Marcado, sim, afinal o que passou deixa marcas. Mas enterrado quando o meu reloginho andar amanhã.

Racionalmente falando, é uma bobagem. Um minuto tem 60 segundos. Das 23h59m do dia 31de dezembro a 0h00m do dia 1 de janeiro, não acontece nada de diferente com o mundo, com os corações das pessoas. É só um dia a mais ( ou a menos, conforme o ponto de vista ). Um dia depois do outro, nada mais do que isso.

Mas há nessa passagem um fenômeno especial que acalanta os corações tristes e cansados de viver. Um jeito de respirar diferente. É como se o tempo fizesse um agrado, uma carícia suave no rosto, dizendo: “não, não paro de passar, nunca pararei. Mas você pode zerar tudo agora pra tentar de novo, mais experiente ainda.”. Mudança. Novos ares, novos rumos, novo ânimo. Ano novo. E bissexto, ainda.

Não se trata daquelas promessas estranhas, “vou fazer isso, aquilo, deixar de fazer aquilo outro”. Normalmente, essas promessas, tão vazias de sentido e mal intencionadas, de novas não tem nada. É aquela sensasação mágica de novidade.

Na verdade, é uma ilusão. De ilusões também se vive, diria alguém que eu não lembro quem é. E, pra mim, essa é uma das ilusões mais deliciosas. É delicioso saber que aquela fatia de tempo que você tinha pra viver, e que viveu, bravamente – apesar do Bush, do Lula, da falta de grana, da violência, da solidão, da angústia, do desânimo, do capitalismo, do cansaço, dos chefes ditadores, das loucuras do dia-a-dia – passou. Foi bom? Passou. Foi ruim? Passou. Passou e você vai REcomeçar.

Eu adoro palavras que começam com esse prefixo, RE. REnascer. REconhecer. REfazer. REorganizar. REformular. REvitalizar. REcomeçar. Acho que gosto porque é inevitável que a vida tenha momentos bons e ruins; mas, independente do que tenha acontecido, quando você RE alguma coisa, está dando uma nova chance, significa que as coisas têm um movimento, que foram e voltaram. Pra mim, o ano novo é isso. Um REcomeço.

Você pode parar por aí. Tomar 5 litros de champgne, rir à beça, fazer simpatias, passar uma noite agradável, usar roupa nova e viver essa ilusão em uma noite. No dia seguinte, acordar de ressaca, e depois, ir trabalhar, estudar, e viver sua vida como vinha vivendo. Aí, o seu ano novo durou apenas algumas horas. É uma escolha. Isso significaria simplesmente viver essa ilusão, sem maiores pretensões. Afinal, quem não espera muito, não se decepciona muito. É uma escolha, sem dúvida.

Mas… Além da ilusão, está a Esperança. A Esperança é uma ilusão que foi à luta e enfrentou as verdades da vida. Uma ilusão que se pôs à prova da realidade, e ficou assim – pós-graduada, estudada, vivida, experiente, sábia. A Esperança não é ingênua, e nem boboca, nem fútil. Embora massacrada todos os dias pelos nãos que recebe, ela se mantém lá, forte, firme, silenciosa, segura, e respira calmamente no fundo das almas que ainda estão dispostas a fazer de sua existência algo mais do que o feijão-com-arroz que todo mundo faz. A Esperança, numa época como esta, é o que fica ali, sussurrando no seu ouvido – você pode, sim, acreditar; vai ser diferente.

Você argumenta, claro. O mundo vai continuar o mesmo, Dna Esperança, nem vem. Pessoas vão morrer. Os EUA continuarão sendo uma potência econômica massacrante. Aqueles velhos políticos nojentos vão se reeleger. A violência vai continuar, talvez piorar. Doenças vão continuar abatendo nossos corpos. Pessoas continuarão tendo acessos de mediocridade, maldade e prepotência. Desastres naturais, guerras insanas, repressões sutis e escancaradas, desemprego, insanidades e genocídios continuarão sendo estampa no jornal diário. Continuaremos sacrificando nosso tempo trabalhando demais e nos divertindo de menos. Talvez, em 2004, eu seja despedida, meu amor me abandone, falte dinheiro, paz, amigos. Talvez eu seja traída, maltratada. Talvez nada de miraculoso aconteça pra fazer do meu ano novo um ano bom. É, Dna. Esperança, não tente me enganar.

Mas Dna. Esperança, sempre pronta a lhe pegar numa curva, responde – e você? Se nada de bom acontecer, o que você vai fazer? Vai continuar sacrificando seus dias nessa rotina miserável? Vai continuar cometendo os mesmos velhos erros? Vai continuar se fechando para os encontros? Vai continuar fugindo das boas pessoas que aparecem pra você? Vai continuar fingindo que não vê as injustiças por aí e vai continuar encostado, sem fazer sua parte? Vai continuar rindo pouco, cantando pouco, tocando pouco, gozando pouco, olhando pouco para as belezas do mundo? Vai continuar amando, sentindo, pensando e agindo superficialmente? Vai continuar não aproveitando nada do que viveu? Vai deixar por menos? E você, o que você vai fazer? O ano novo é seu. Só seu. Ele pode começar à meia-noite do dia 01de janeiro. Ou no dia 15 de abril. No dia 29 de fevereiro, 13 de julho, 4 de outubro, 28 de dezembro, 10 de maio, 22 de setembro. Ele pode começar e acabar muitas vezes. Você decide o que vai fazer de novo quando bem entender.

Pessoas, que vocês possam dar ouvidos à Esperança. Que escutem o que ela tem a dizer e levem isso com vocês. Que possam valorizar cada momento que já passou, aprender com eles, mas sonhar muito e muito mais para os momentos que virão, sem medo. Que seja um ano novo, novinho em folha, sim… Mas mais do que isso… Que vocês estejam novos. REnovados. REfeitos. REanimados. REavivados. E que esse sentimento acorde com vocês REnascido a cada dia.

Feliz 2004! E até o ano que vem.

PS:. Agradeço mais uma vez a todas as visitas e comentários sobre o novo layout…

Anúncios

Um comentário sobre “ANO NOVO, NOVINHO!

  1. Sou suspeitíssima pra falar de Ano Novo… me dá um aperto aqui dentro… mas tenho que mudar esse sentimento que há muito me persegue. Pra você, minha querida, muita paz, muito din din, muita saúde, muito moço bonito pra beijar na boca e um amor sincero. FELIZ 2004 beijins te adoro

    Cacau | Email | Homepage | 02-01-2004 23:10:36

    Ah!!! Recebi o email. Lindo. Tão lindo. Comecei sorrindo e acabei chorando. De emoção, de alegria, de saber que uma figura tão doce e linda como você lembrou da data que eu me sinto a mais sozinha do universo inteiro. Não conhecia aquela poesia do Vitor Hugo. Linda. Muito obrigada! ;o)

    A Bêbada | Email | Homepage | 02-01-2004 22:02:29

    Menina Mafalda Querida, ops, Crescida… ;o) Sinceramente? Não sei nem por onde começar… Entrei, vi o layout ma-ra-vi-lho-so, em seguida li esse texto que é um absurdo de tão bom, e acho que por parecer tanto com tudo o que eu acho e penso sobre essa coisa de final de ano não consegui nem comentar e já fui lendo o texto anterior. Essa coisa de blog é muito legal mesmo… E quanto a 2003, muitas frustrações mas muitas alegrias também, e uma delas foi exatamente o A Bêbada e o Equilibrista, que nos proporcionou tanta amizade, tanta troca com pessoas tão bacanas, como você. Beijos pra você lindinha e que seu 2004 seja todo novinho!

    A Bêbada | Email | Homepage | 02-01-2004 21:58:53

    Querida MAfalda, Passo aqui para desejar-lhe um ótimo ‘renascimento’… vou te mandar um texto do drummond sobre o ano que se inicia. Passear por aqui é uma delícia. E receber elogio seu então… porque o seu blog é top! rsss…assim como o todos os sentidos e o grafolalia: garante um leitura agradável! Até mais! Ciça

    Ciça | Homepage | 02-01-2004 07:47:24

    Nossa vida é cíclica em tudo, realmente, até a renovação de nossas crenças e esperanças é cíclica. Impressionante como precisamos de um pico de euforia pra poder continuar tocando a vida; se não o houvesse, seríamos fadados a apenas definhar com o passar do tempo… Lindo reveillon que te quero tão bem… Abraço!

    Tigre | Email | Homepage | 02-01-2004 02:31:07

    Vejamos os fatos, minha amiga anda tão inspirada, sorridente, mais doce que nunca, animada, diferente, mesmo abatida, está mais bonita, posso saber o que anda acontecendo? Se for o que eu acho que é (hummmmmm), acho que 2004 será um ótimo ano pra você!!!! Estarei com você pra saber. Só uma pergunta, porque demorou tanto pra dar o endereço dessa página maravilhosa pra eu????? Te adoro, Ká!

    Carla | Email | 02-01-2004 00:24:01

    eu sempre acho que os anos mudam mais no decorrer dos mesmo que nesta época que me parece tudo tão igual. eu não sei, apenas impressões. beijos e ótimo 2004! 🙂

    fernando | Email | Homepage | 01-01-2004 22:58:49

    Hehehe… q bom Virgulina! Vou visitar se blog! Ah… e já que tá todo mundo me chamando de Carlinha, vou passar a assinar assim. 🙂

    Carlinha | Email | 01-01-2004 16:31:38

    Ah… Mafalda, adorei esse teu texto.. acho que pensamos muito parecido e tem um pouco de Drummond também no nosso pensamento. Façamos um Ano realmente novo ! Beijão!

    Deize | Email | Homepage | 01-01-2004 15:22:32

    Feliz Ano Novo, moça. Tudo de bom pra vc. Beijinhos.

    Sabina | Homepage | 01-01-2004 11:47:19

    QUERIDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!! vc é lindaaaaaaaaaaaaaaaaaa, tds os anos q passamos juntas nessa amizade deliciosa foi maravilhoso, em 2004 o q mais desejo é q nunca falte pra mim pessoas como vc!!!!!!!! bjos dessa amiga q naum sabe escrever mas naum tem vergonha de dizer q te ama!!!!!!

    Ju | 01-01-2004 11:27:05

    Puxa, adorei o novo layout, muito legal mesmo!! Feliz 2004! Beijos! (veja seu e-mail)

    Luluka | Email | 01-01-2004 08:58:42

    Feliz 2004, pequena infante, tão sábia e meiga!

    Beta | Email | Homepage | 01-01-2004 07:06:21

    Menina, um Feliz Ano Novo e um 2004 cheio de muita paz, saude e AMOR!!!! Pois faltou um pouquinho este ano! TE adoro muitoooo!!!

    Danny | 31-12-2003 20:04:37

    Mafaldinha, querida, vc sabe que compartilho contigo o mesmo sentimento, não? Acho que sabe. Eu sempre tenho a impressão que o último dia do ano encerra uma etapa de vida para dar início a outra etapa. Talvez a gente abra a caixinha da esperança e as fadinhas e os anjos venham dizer que apesar de tudo, a vida vale a pena e a dor de ser vivida. Adoro-te. Beijos e muito carinho,

    Mafalda | Homepage | 31-12-2003 16:54:49

    Miga, eu te amo! Feliz 2004! Ful, Zé Mario e Carlinha, acreditem eu vivo procurando os comentários de vocês. Beijocas!

    Virgulina | Homepage | 31-12-2003 16:28:12

    Feliza ano novo, cheio de palavras para o seu blog maneiro!

    alan | Email | Homepage | 31-12-2003 15:04:57

    No words sobre o seu texto… Lindo. Carlinha tem razão ( perdoe a intimidade, mas ou abusado mesmo, eheh ), vc acaba pegando gosto pela leitura e pelas pessoas que frequentam aqui. Tb desejo td de bom pra todos, que seja um ano maravilhoso, até pra vc, Fúlvio, ehehe… BRincadeiras à parte vc sabe q eu te tenho em bom lugar nas lembranças e no coração. Bjos, Ká, vc é lindaaaaaaa!!!!!!!!!!!

    Zé Mário | 31-12-2003 09:29:40

    Fechando o ano com chave de ouro… não podia ser diferente! Lindas palavras! Ai, essa tal de D. Esperança…. queria que ela me fizesse sonhar menos e suspirar menos… 🙂 FELIZ ANO NOVO PARA VOCÊ E PARA OS QUE “BATEM O PONTO” POR AQUI. O interessante dessa ‘assiduidade’ é que a gente começa a conhecer um pouco (e querer bem tb) até das pessoas que comentam, e não só da ‘dona da casa’.

    Carla | Email | 31-12-2003 01:54:05

    Sempre venho aqui, mas nunca comento, mas esse texto é tão maravilhoso que eu não resisti!!!!! seu blog ficou lindo e esse texto mais ainda!!!!!! beijo e feliz 2004!!!!!!!

    Maria Eduarda | Email | 30-12-2003 22:45:44

    Seu blog está lindo! E o que mais desejo que o ano que está por vir sejamaravilhoso para todos nós. 2004 beijos pra vc

    Beta | Homepage | 30-12-2003 20:58:36

    Linda mensagem vinda de uma linda pessoa! Feliz Ano Novo pra vc, querida, que vc tenha força pra lutar por seus sonhos mais lindos. Que em 2004 continuemos amigos, e que vc continue escrevendo lindas coisas para lermos. Beijo.

    Ful | Email | 30-12-2003 19:25:35

    Tudo bem que estou meio atrasada.Mais queria que vc me enviasse aquele texto do Contardo Calligaris que saiu na Folha de São Paulo sobre o Natal. Bjs pra vc e que vc tenha uma virada de ano maravilhosa!!!

    Penny | Email | 30-12-2003 18:28:28

    Olha, eu não vejo a hora de 2003 ir embora! Rs… beijos!

    SlothSam | Email | Homepage | 30-12-2003 15:15:44

    Seja feliz…sem se preocupar com o amanhã, o ontem e até mesmo com o hoje…o importante acima de tudo é ser feliz, seja com alguém, com amigos, com a família, com os bichinhos de estimação, sozinha em frente a tv, faça o que for para ser feliz e estar satisfeita com o seu dia, afinal, o único responsável pelos nossos segundos somos nós..

    Jô!!! | 30-12-2003 14:27:23

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s