AMIGOS DE NOVO…

AMIGOS DE NOVO…

Amigas para Sempre!

Nunca republiquei um post. Mas a ocasião vale. Esse aí debaixo foi um dos primeiros que eu escrevi, pra mim, um dos mais legais. Dificilmente gosto do que escrevo, quantas vezes escrevo tanto e não publico, porque não gosto do resultado. Mas esse eu gosto… Talvez porque foi feito com aquele carinho especial. Reformulei e aí está. Sei que falei do assunto há poucos dias, mas minha fixação por datas em que posso demonstrar sentimentos pelas pessoas não me deixaria não dizer nada nesse 20 de julho, Dia do Amigo.

Feliz Dia do Amigo a todos que eu amo, que me amam e que amam alguém desse jeito tão bonito e perfeito que é a amizade.

AMIZADE, ESSE NEGÓCIO BOM À BEÇA

Os moços que me perdoem, mas hoje é dia de falar das amigas. É isso mesmo, de amiga pra amiga.

Há quem diga que mulheres, quando são amigas, ficam insuportáveis, porque concordam sempre uma com a outra e não se desgrudam. Há quem diga que as mulheres são falsas e fofoqueiras ( na minha modesta opinião, boa parte delas é mesmo ), e que por isso a amizade entre mulheres é uma ilusão. Há quem diga que as mulheres brigam, discutem, se desentendem, mas nunca deixam de ser amigas. E há também quem diga que não troca uma amiga por um namorado de jeito nenhum.

A verdade é que é muito bom ter amigas. A cumplicidade, o carinho e a compreensão que pode acontecer entre duas mulheres é das coisas mais lindas que somos capazes de alcançar. A vida nos apresenta milhares de pessoas. E cada uma delas vem cumprir um papel conosco. Todas elas ficam na nossa memória, nos nossos hábitos, nas nossas fotos, nos nossos guardados… E no meio de tudo que se sente de dor, ou de prazer. Eu tenho saudade de todas as amigas que já tive na vida, mesmo aquelas que me machucaram. E tenho saudades de mim mesma quando lembro de alguma amiga que perdi.

Tem aquela amiga de infância, que brinca de casinha e de escolinha com você. Tem as amigas da família, as primas, irmãs e tias, que sempre estão indo e vindo da sua vida, provando que o tempo passa, mas certas coisas nunca mudam. Tem aquelas amigas de escola, com quem você briga, brinca, faz trabalho, apronta com a professora, escreve no caderno de recordação, troca papel de carta. E geralmente são essas as que lhe oferecem as primeiras oportunidades de dormir fora de casa, longe dos seus pais, e mostram outras possibilidades e estilos de vida. Aquela amiga pra quem você empresta sua boneca preferida. E aquela que cresceu com você e que você vê até hoje.

Tem aquela amiga mais velha, que deu o primeiro toque de que você precisava usar sutiã. Aquela amiga desbocada que só fala palavrão e se mete em encrenca, mas faz você rir muito. Tem aquela outra que é chorona, aquela que critica você a cada cinco minutos, aquela nerd / cdf que sabe de tudo e aquela melosa, que gosta de abraçar e mandar recadinhos de amor. Tem aquela com quem você anda de braços dados pra todo canto. Aquela pra quem você ligou quando veio sua primeira menstruação. Aquela pra quem você contou sobre o primeiro garoto que você gostou. Aquela que trai e fala mal de você pelas costas. Aquela com quem você saiu no braço, mas depois perdoou. Aquela com quem você partilha o código secreto do seu diário. Aquela que te dá toques sobre roupas, pessoas, corte de cabelo e comportamento. E aquela com quem você dividiu a cama naquela viagem que foi o maior programa de índio da sua vida.

Tem também aquelas que vêm e somem, mas parecem sempre as mesmas. Aquela pra quem você conta absolutamente tudo, e sente que foi entendida, e sai aliviada. Aquela que te dá broncas e manda você parar de roer as unhas. Aquela que não tem vergonha de dizer que te ama. Aquela que apresenta os melhores caras. Aquela que passa com você o momento mais difícil da sua vida. Aquela que liga todo dia. Aquela que tira sarro de você por você ser virgem ainda. Aquela intelectual, que te ensina milhares de coisas. Aquela que desistiu de um cara porque sabia que você estava afim. E aquela que roubou seu namorado. Aquela que abraçou em silêncio e sentiu você chorar, e aquela que virou as costas quando você mais precisou. Aquela que faz tudo que você pede e aquela egoísta. Aquela que ouve quando você está apaixonada e passa horas falando do mesmo assunto. E aquela que entende quando você a deixou pra ficar com seu namorado. E aquela outra que exige a sua atenção. Tem também aquela que apóia as suas loucuras. E a outra que reprime você em quase tudo.

Tem aquela idealista, com quem você discute horas os problemas existenciais da humanidade. Aquela que só liga no dia do seu aniversário, e que mesmo assim você adora. Aquela que sabe o tamanho do pênis do seu namorado. Aquela que você acoberta e passa o pano sempre que ela precisa. Aquela pra quem você conta suas performances sexuais. Aquela que te indica ginecologista. Aquela que parece sua mãe, e vive pra te dar conselho. A mãe da sua afilhada. A madrinha da sua filha. Aquela de quem você sente muito ciúme. Aquela que você invejou secretamente. Tem também aquela por quem você sente um carinho enorme desde a primeira vez que viu. Aquela que você odiou no começo, mas depois passou a amar, e aquela que decepcionou horrores. Aquela que escreve e manda poesias, e sempre na hora certa, na hora em que você mais precisava.

Aquela que te empresta apartamento pra você passar o feriadão com o namorado. Aquela que pede a Deus por você quando ora. Aquela que você conheceu pela Internet e que se tornou uma amigona do coração, e com quem você fica horas digitando. Aquela que você magoou porque trocou ela por outra que não valia nada. Aquela que te deu o conselho certo, que você não ouviu.

E aquela que você conheceu no ônibus, ou na fila de cinema. Aquela que voltava com você da faculdade. Aquela que ajudou a dar um perdido nos seus pais na primeira noite que você passou com o seu namorado. Aquela que abraçou no velório de alguém querido seu. Aquela que trabalha com você todos os dias, com quem você divide trabalho e confidências. Aquela que te avisa cochichando que a sua calça está manchada ou que o botão da sua blusa está aberto, ou que tem batom no seu dente. Aquela que presenciou o maior mico da sua vida. Aquela que segurou você na bebedeira. Aquela que segura seu braço quando você tropeça ou quando vai atravessar a rua sem olhar. Aquela que leu o trabalho que você precisava entregar e deu dicas pra mehorá-lo. Aquela que irrita, mas que você não imagina a vida sem ela. Aquela de quem você sente saudades, mas por alguma razão obscura, nunca arruma tempo pra ligar. Aquela que organiza uma festa surpresa pra você. Aquela que defende você de tudo e de todos. Aquela que paga coisas pra você quando você está sem grana. Aquela que sempre traz um presentinho.

Aquela que liga pra casa do seu namorado pra saber se ele está vivo quando ele acha de sumir e você quase enlouquece. Aquela que roga praga contra quem te fez mal. Aquela que chora a sua dor. Aquela que te deu a dica que te fez mudar de emprego e, por consequência, mudar a sua vida. Aquela que tem uma mãe boazinha que você às vezes queria que fosse sua. Aquela problemática, ou aquela esnobe. Aquela que você fica anos sem ver, mas quando encontra, parece que viu ontem. Aquela de quem você arrumou o véu antes de ela entrar na igreja pra se casar. Aquela que era a mais chegada, mas sumiu e você nunca mais soube. Tem a sua mãe. A sua avó. A sua irmã. A sua filha. A sua médica. A sua psicóloga. A sua chefe. E aquela que é uma irmã pra você. E tem também a melhor amiga. Aquela. Que é simplesmente aquela.

Claro, os homens também sabem ser bons amigos. Também deixam ótimas lembranças. Mas nada é igual a amizade entre duas mulheres.

Um grande beijo pras amigas que vierem a ler isso, pras que não vão ler, praquelas que estão perto e longe de mim, praquelas que eu lembro a todo minuto e praquelas que eu esqueci. Digo sem piscar que a vida vale a pena por causa da amizade, e quem me ensinou isso foram vocês.

Amo a todas. Feliz Dia do Amigo.


Anúncios

26 comentários sobre “AMIGOS DE NOVO…

  1. Quanto tempo sem vir aqui…e quanto texto bom que eu estava perdendo.
    Às vezes a gente de enrola pelos labirintos da web e acaba tendo que dar um tempo para voltar aos caminhos preferidos. Bom te ver lá no Língua também!

    Curtir

  2. “Amigo é o vinho mais tinto, o vinho mais branco. É água de afago, o rio mais manso. Amigo é o caminho mais leve, o lugar mais seguro. É clareira no tempo, é fogueira de mel” (Roseana Murray) – FELIZ DIA DO AMIGO, em nome do Síndico e de todas as suas múltiplas-personalidades. Lindo texto, esse teu, Mafaldinha. Viu como é bom republicar? Se não fosse assim, eu nunca o teria conhecido. Beijo grande… te adoro muito.

    Curtir

  3. Olá querida, sou uma única amiga, mas me vi em vários tipos de amigas. Talvez, porque seja uma amiga do passado, do presente e com certeza para sempre. EU TE AMO! Fico muito honrada em ser sua amiga, e agradeço a Deus por isso.
    Beijos e mais beijos… FELIZ DIA DO AMIGO!
    PATY

    Curtir

  4. Queriduca, não irei nem comentar (mais) este texto maravilhoso seu… mas sim dizer que desejo todos os dias que seu círculo de amizades aumente sempre e que você tenha cada dia mais amigos com que possa contar e se divertir! ;o)

    Acho curioso como me identifico contigo através de seus textos… eu tb não curto boa parte do que escrevo… tb escrevo mais do que posto… e dia desses estava pensando em republicar alguns dos poucos textos que gosto e já publiquei…

    Quando fiz este meu último post tinha um parágrafo só falando disso, que não sou muito fã dos meus textos e linkando alguns que eu gosto… que ou são resultados de uma vasta e minuciosa pesquisa ou são realmente textos que são simples tradução daquilo em que eu realmente acredito…

    Enfim, tudo isso só para dizer que… eu adoro vc Mafaldinha querida!

    Curtir

  5. Reclamei o ano passado, reclamo agora de novo: e os amigos homens? Hein?

    O texto é perfeito… Vcs, mulheres, apesar de inconstantes são perfeitas.

    Carlinha e Taty, vcs são lindas… Feliz dia do amigo pra vcs.

    Zé Mário, vc é um chato, mas fazer o quê, cara? Feliz dia do amigo.

    E vc, dona do blog… Continue enfeitando o dia das pessoas dessa forma maravilhosa que vc faz. Bjo especial de feliz dia do amigo. 🙂

    Curtir

  6. Ah, menina… mas que declaração de amor mais linda!!!!
    Nossa, vc soube muito bem descrever todos os tipos de amigas; cada amiga que tenho é de um jeitinho que vc descreveu… e tem as virtuais, que estão sempre por perto, quando mais preciso. Muitas vezes, mais perto do que as outras.
    E vc é assim. Pensa que seus recadinhos não tocam o coração? Tocam sim, querida.
    Atrasada eu estou, sei disso, mas todo dia é dia de se falar o quanto gosta de alguém.

    Adoro você, minha amiga.

    Beijão

    Curtir

  7. Hoje, com calma te visito de novo… não economizei nem um minutinho… teu texto arrepia! Me traz à memória rostos, expressões, fatos, mas sobretudo saudades! “E tenho saudades de mim mesma quando lembro de alguma amiga que perdi.”

    Linda, meio atrazadinho, mas em tempo:

    FELIZ DIA DO AMIGO!

    Grande beijo! Vc mora no meu coração…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s