SITES QUE, SE AINDA NÃO EXISTEM, DEVERIAM SER INVENTADOS


Dia desses li, não sei onde, uma reportagem sobre um site que funciona como uma espécie de testamento virtual. Lá, você guarda senhas, segredos, recomendações e até declarações nunca feitas para serem abertas / lidas / compartilhadas depois que você morrer, por uma certa boa quantia por mês ( enquanto você está vivo e tem conta bancária, claro ).
Xeretando um pouco mais, descobri um outro site aonde, sob condição de pagar módicas quantias a partir de R$ 400,00, cria para você álibis para as mentiras mais cabeludas, limpando sua barra tranquilamente e de maneira bem eficiente.
Então eu, que até noivo encontrei aqui na rede, fiquei pensando: caramba, pra que será que a internet não serve?
Pensei em sites que, se ainda não existem, bem que podiam ser inventados por alguém.

Registro de Canalhas ( http://www.entregueocanalha.com.br )
Depois que minha amiga descobriu no Google que o namorado dela era casado, descobri que a internet é ótima para xeretar a vida alheia, mas alguém poderia facilitar o serviço. O site ideal funcionaria assim: se alguém faz alguma canalhice com você, você vai lá, registra nome, sobrenome e foto da pessoa e deda com gosto tudo que ela te fez. Poderia até mesmo ter algumas sessões, como por exemplo “canalhas no amor”, “canalhas na amizade”, “canalhas no trânsito”, “canalhas no trabalho”, “chefes canalhas”. Assim, quando você topar com alguém na vida, pode ir lá, colocar na busca, e ver se o fulano já pisou na bola com alguém. Facilitaria bastante. Só teríamos que ter cuidado para não sermos cadastrados por lá.

Imprima Dinheiro ( http://www.imprimadinheiro.com.br )
Em tempos de cartão de débito e crédito e transações bancárias on-line, me sinto entediada só de pensar em ir ao caixa eletrônico tirar dinheiro. Por que não imprimi-lo em casa? Você poderia entrar, dar o número da sua conta no banco e imprimir uma quantidade de dinheiro ou folhas de cheque ali, na sua impressora, conforme a sua necessidade. E mais, as notas poderiam até mesmo ter a foto da personalidade que você quisesse no fundo. Já pensou, uma nota de R$1,00 com a cara do Lula? ( Pensando bem, R$1,00 é muito pra ele ). Tudo bem que seria difícil controlar os hackers, as notas falsas e os gastões, como eu. Mas isso é um mero detalhe.

O que Dizer? ( http://www.dialogoperfeito.com.br )
Sabe aquela hora quando você ouve algo tão absurdo, estarrecedor ou idiota e… Faltam palavras pra dizer alguma coisa? E você pensa… Bem que eu podia dar AQUELA resposta… Mas não consegue? Pois é! Esse site poderia ter as respostas mais incríveis para os comentários, brigas ou falações em geral das mais diversas ordens. Bastaria colocar lá o assunto… E ele coloca as palavras certas na sua boca! Impressionante.

Look Ideal ( http://www.acertenolook.com.br )
Sabe aquele povo que faz a sessão CERTO e ERRADO nas revistas de moda? Eles poderiam estar on-line, 24 horas, pra dizer pra você qual o melhor jeito de se vestir. Funcionaria assim: você tira uma foto ou liga a webcam, chama o consultor e ele lhe diz, antes de você botar na cara na rua, se você está bonita ou não. Assim você não corre o risco de ficar mal na foto. Tá certo, você poderia ficar um pouquinho dependente da opinião dos outros e paranóica… Mas e daí? Pelo menos estaria sempre na moda.

Médico On-Line ( http://www.socorrodoutor.com.br )
Já que 98% dos médicos adquiriu o péssimo hábito de tratar você como lixo e mal olhar para a sua cara durante as consultas, que diferença faria se consultar on-line? Simples, rápido e confortável, especialmente para pessoas que detestam médicos, como eu. Você conta os sintomas em um formulário, ele receita algo pra você em uma tela, você imprime, compra… E pronto! Problema resolvido. Lá mesmo poderia ter um link para uma farmácia que manda entregar em casa. Ô, beleza!

Odeio Internet ( http://www.naoprecisodeinternet.com.br )
Uma comunidade virtual para expressar o ódio por toda a facilidade, futilidade, burrice e dependência criada pela internet. Uma pena que você tenha que conectar para se expressar… Tsc.

É, os tempos são modernos. Mas as pessoas continuam loucas… Como sempre.

Anúncios