RAINING…

Minha natureza interior sempre adorou água. Em meus sonhos, lagoas, mares, poças, rios, cachoeiras, banheiras, bicas, torneiras… E chuva, muita chuva. Tudo isso sempre me ensina muito sobre o que estou sentindo. Aprendi que água é símbolo de emoção. As minhas, sempre tão represadas, se soltam em meus delírios oníricos noturnos, me lavando por dentro.

Chuva fininha é melancólica, porque normalmente é gelada, constante, pouco agressiva e sem hora pra acabar. Chuva de granizo é forte e destruidora, deixa a gente espantado com a força da natureza. Cheiro de chuva no asfalto é meio sufocante, cheiro de chuva na terra é gostoso e revitalizante, provoca um sentimento diferente. Chuva de verão é grossa, rápida, passageira, refrescante e dá a impressão que lava tudo com ela, que leva tudo com a enxurrada. Chuva com raios e trovões dá medo por fazer tremer a terra, insistindo em chamar a atenção. E chuva normal, batendo no vidro da janela, acaba fazendo a gente pensar na vida, essa vida estranha e encantadora. Eu tinha esquecido como é bom sair andando debaixo de chuva, sentindo a água massagerar a cabeça, cair nos ombros, encharcar a roupa.

Já são quase 50 dias seguidos de chuva aqui. Impossível ignorá-la. Resta aceitá-la e saboreá-la conforme for possível.

Canções que coloquei no meu “CD para curtir os finais de tarde em São Paulo”.

“Santa Chuva”, Marcelo Camelo


“The Rain”, Roxette.

“Medo da Chuva”, Raul Seixas

“Rain”, Madonna

“Lágrimas e Chuva”, Léo Jaime

“The Rhythm of the Rain”, The Cascades

“Deixa Chover”, Guilherme Arantes

“Raindrops”, B.J. Thomas

“Chuvas de Verão”, Caetano Veloso

“Crying in the Rain”, A-Ha

“Quando Chove”, Patricia Marx

“Have you Ever Seen the Rain?”, Creedence Clearwater Revivel

“Águas de Março”, Tom Jobim e Elis Regina

“Rainy Day”, 10,000 Maniacs

“A Tempestade”, Zelia Duncan e Lenine

“Pray for Rain”, Massive Attack

“Chove Chuva”, Jorge Ben Jor

“It´s Raining Again”, Supertramp

“Primeiros Erros”, Capital Inicial e Kiko Zambianchi

“Remember When it Rained”, Josh Groban

“Será que Vai Chover?” Paralamas do Sucesso

E você, qual é a trilha sonora da sua chuva? 😉

Anúncios

11 comentários sobre “RAINING…

  1. Ai com chuva e aqui com sol a pino. Sempre acreditei que a água tem propriedades mágicas! Coincidência ou não, minhas tristezas se vão debaixo da chuva. Faço questão de deixar as águas lavarem minhas lágrimas no banheiro.
    Em contraponto, esse meu Rio seco e quente, tira a vontade da gente. Só a música salva, rs e sua playlist é ótima!

    Curtir

  2. “Chove lá fora, e aqui faz tanto frio… Me dá vontade de saber…
    Aonde está você? Me telefona, me chama, me chama, me chama…
    Tá tudo cinza sem você, tá tão vazio…
    Aonde está você? Me telefona, me chama, me chama, me chama…”

    AMEI sua seleção. Eclética, suave e romântica… Como você.

    Beijo, linda… Fiquei feliz em falar contigo por horas e horas, vamos repetir a dose em breve, você vai ver!

    Curtir

  3. Ai Kari, também amo a chuva! Fiz até um post há alguns dias atras sobre ela.. e a música da trilha era exatamente “Quando chove” da Patricia Marx…
    “Quando chove fica mais triste esperar por alguém que nao vai chegar”

    Amo essa melancolia e reflexão que a chuva traz… Amo esse friozinho que suplica um aconchego. Pena que a chuva nas grandes cidades tem significado tantos transtornos…

    Amei a trilha sonora. Acho que na verdade a trilha nao precisa ser de uma única música, ne?! Pq eu escilho várias! Inclusive muitas da sua trilha.. Afinal… são muitas chuvas… Chuva na praia… terra molhada… janela de casa…. Aiai [suspiro]

    Curtir

  4. Miga, a chuva anda tão insuportável, que a única música que eu queria ouvir é it´s raining man…. rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Só vc pra mostrar a beleza no meio do caos… Amo vc.

    Bjo!

    Curtir

  5. Queridíssima… Que saudade imensa. Não some não…

    Adorei sua seleção… Achar B.J. Thomas, essa versão do CCR, e o Guilherme Arantes no Chacrinha…

    Acrescentaria aí “Chuva, suor e cerveja”, “Segue o Seco” e “Chuva, chuvisco, chuvarada” ( essa última sugestão da Aninha. rs )

    Beijo, amamos você!

    Curtir

  6. Olá Karina!
    Nunca deixei nenhum comentário por aqui, mas sou sua leitora assídua… mesmo que em silêncio. Gosto demais de tudo o que você escreve. Parabéns! E continue sempre nos presenteando com as suas palavras.
    Bem, e em meio a seleções tão ecléticas eu acrescento “Súplica cearense” do Rappa.
    Beijos e ótimo fim de semana!

    Curtir

  7. A Tilha sonora da “minha chuva” é Patty Grif – Rain. Nome mais sujestivo não? Rsrs…
    Gosto muito de chuva e dessa musica também. Quando junto o útil ao agradavel, “minha chuva” me deixa mais feliz*-*
    olha aiii-> http://www.youtube.com/watch?v=pFbjE7NFmUI

    Outra coisa que é útil e agradavel é entrar no seu blog…^^
    Continue escrevendo e me acrescentando*. Obrigada e parabéns!

    * Toda vez que leio algo seu ou de qualquer outra pessoa, e acho que é o que eu precisava ou que eu tenha gostado muito, absorvo de tal modo que o texto passa a fazer parte de mim… sendo assim me acrescentando.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s