10 GORDICES PARA SE ESBALDAR EM SAMPA

( Post encomendando por e dedicado a minha amiga Camila, e partilhado com os queridos amigos do grupo dos legais que sempre me acompanham pra aproveitar as boas coisas da vida e gastar dinheiro sem dó. 🙂 )

Meu saudoso noivo, embora fosse culto, literato, versado em ciência e arte, cinéfilo e apreciador das boas coisas da vida, gostava mesmo é de sair pra comer. Ele sempre dizia que pessoas que sabem comer juntas sabem partilhar coisas íntimas da alma com mais facilidade e leveza. E eu simplesmente adorava acompanhá-lo, pelo prazer da companhia e das gordices, uma vez que ambos ficávamos muito mais felizes comendo bobagens enquanto tagarelávamos sem parar sobre as coisas simples e profundas da vida.

Todos nós, como pessoas, guardamos o hábito de comer juntos não só pelo alimento, que sustenta o corpo. Existe nessa prática um ato simbólico e ancestral de sustentar também o vínculo, a proximidade, a alegria de estarmos juntos, de cuidarmos uns dos outros para garantir a sobrevivência da espécie em um mundo cheio de condições adversas. E deve ser uma pena não saber o prazer de estar rodeado de amigos e queridos em geral em volta de uma mesa ( não importa se caseira ou pública, não importa se cara ou barata ) cheia de coisas gostosas que estimulam os sentidos, todos eles – e de quebra, acalmam o coração.

São Paulo é uma cidade onde se come muito bem – e paga-se muito caro por isso. Eu podia citar pelo menos uma centena de lugares por aqui onde gostaria de ir bem acompanhada quando bate a fome – de corpo ou de alma. Mas segue uma modesta, pessoalíssima e gostosa listinha das coisas que me apetecem e que me trazem maravilhosas recordações, de todos os tipos e números de calorias. 🙂

1. Frango desossado frito e yakissoba do China Esmeralda


Sou cliente antiga do China Esmeralda, um restaurante que fica em uma simpática casa em Perdizes, e que agrada pelo ambiente bonito, o preço justo e o capricho na comida. Eles fazem o melhor frango frito que já comi na vida – crocante por fora, macio por dentro. O macarrão com dez ingredientes é delicioso, sem citar o ninho esmeralda ( foto ) e as frutas caramelizadas de sobremesa. O atendimento do restaurante é perfeito, a comida é rápida, fresca e quentinha. Nham nham…

China Esmeralda – Restaurante Especializado em Comida Chinesa

Rua Doutor Cândido Espinheira, Perdizes, São Paulo, SP  Telefone: 3862-7798


2.  Pastel de carne da Pastelaria Brasileira

Pra quem, como eu, ama pastel, São Paulo é um paraíso, com suas feiras livres incríveis e pastelarias espalhadas em cada esquina. Mas a receita do recheio de carne da Pastelaria Brasileira é algo de outro mundo. Com muitas filiais “não-autorizadas” aqui na Zona Oeste ( a da Lapa, na Rua Monteiro de Melo, é também campeã ), o lugar agrada pela variedade de salgados e pelo pastel barato e gostoso. Nham nham nham.

Pastelaria Brasileira

Rua Turiassú, 2113, Pompéia, São Paulo, SP Telefone: 3672-8606

http://www.pastelariabrasileiraonline.com.br/


3. Porção de frango com catupiry e merengata de morango do Cacilda


O ambiente do Cacilda é muito gostoso, bonito, calmo, bem decorado. Basta clicar no site do bar pra ver como ele é perfeito e multi-facetado, pra ir com os amigos, pra levar alguém importante do trabalho ou pra curtir momentos a dois ( tem um jardim maravilhoso e intimista, perfeito pra momentos românticos em noites de primavera. 🙂 ). A comida é muito, muito bem feita. Qualquer um dos pratos e porções caem muito bem. O bar também é ótimo pra quem gosta de beber, tem uma ótima carta de vinhos e destilados, e caipirinhas deliciosas. O franguinho com catupiry e a merengata de morango me fazem querer voltar lá quase sempre. O atendimento é feito por pessoas inteligentes, prestativas e muito educadas. Os únicos defeitos são os preços – bem salgados – e o fato de fechar muito cedo.  Pra gente que, como eu, gosta de varar a noite batendo papo, é um pecado ter que ir ambora antes da uma da manhã. Nhammmmmmmmmmm.

Bar e Restaurante Cacilda

Rua Tito,237, Vila Romana, São Paulo, SP Telefone: 3679-2044

http://www.cacildabarerestaurante.com.br/


4. Sanduíche de pernil do Estadão


Quem é da madrugada sabe que em Sampa, os lugares pra comer que funcionam 24 horas são sempre frequentados por gente interessante e tem muita comida boa. O tradicional Bar do Estadão, que fica bem no centro da cidade, é um boteco de classe onde convivem harmoniosamente madrugadores de todos os tipos. De quem vai tomar café e ler um livro de filosofia, a quem vai encher a cara de cachaça e chorar as mágoas para os simpáticos atendentes, todo mundo gosta mesmo é do sanduíche de pernil, cheiroso, e que pode custar um dia de vida. Mas o que é a vida sem os prazeres da carne? Nham nham nham.

Bar do Estadão

Viaduto Nove de Julho, 193, Centro, São Paulo, SP  Telefone: 3257-7121

http://www.estadaolanches.com.br/

5. Pizza de Pomarola da Familglia Lucco

A coisa que eu mais adoro comer no mundo é pizza. Por isso, conheço muitas, e várias. São Paulo tem excelentes pizzarias, e eu poderia fazer um TOP 50 com elas. Mas a pizza de Pomarola, da Famiglia Lucco, tem uma camada extra de molho delicioso e queijo, eu ADORO. A massa fininha não pesa no estômago. De entrada dá pra pedir uma porção de massa de pizza com parmesão e azeite. Nham nham nham. Lá você vê desde mesas enormes com famílias inteiras quanto casais apaixonados juntinhos pelos cantos. O lugar é bonito, super bem decorado. O atendimento é ótimo e bem humorado, e os outros sabores de pizza também são excelentes. O preço… Bem, dá pra fazer um esforço em ocasiões especiais. 🙂

Pizzaria Famiglia Lucco

Rua Pio XI, 240, Lapa, São Paulo, SP.  Telefone: 3641-3226

http://www.famiglialucco.com.br/


6.  Coxa-creme da Padaria Santa Tereza

O centro da cidade seria lindo se não fosse trágico. Mas a gente acha coisas interessantíssimas se procurar direitinho. Livrarias e sebos, lojas especiais, centros culturais, arquitetura, arte, história, absolutamente todo tipo de gente… E lugares com mais de 130 anos de tradição em fazer gordice, como a Padaria Santa Tereza. Tudo lá é gostoso, e gostoso, e gostoso. A coxa-creme – uma coxa de frango, envolta em uma massa deliciosa, frita e bem fresquinha – é uma excelente pedida para quem está circulando entre a Praça da Sé e a Liberdade. Fica bem ao lado do Sebo do Messias, e vale a visita depois de encher o nariz de pó dos livros velhos. 🙂 O preço é de padaria, e o atendimento é ótimo.

Padaria Santa Tereza

Praça João Mendes, 150, Centro, São Paulo, SP  Telefone: 3241-1735

7. Sorvete de iogurte com amora da Gelateria Zucchero

Doces, bolos e sorvetes é outra categoria que dava pra fazer uma enorme lista de indicações. Mas escolhi o sorvete de iogurte com amora da Zucchero por ser perfeito pro meu paladar. Tem uma loja no Shopping Metrô Santa Cruz, onde dá pra comer no balcão e ficar doido com a apresentação bonita dos sorvetes antes de encarar um cinema. A sorveteria permite você se servir de calda, cobertura e todas aquelas melecas deliciosas antes de pesar o sorvete, à vontade, além de outras gordices como o petit-gateau e o milk-shake. Delícia!

Gelateria Zucchero

Rua Domingos de Moraes, 2564, Vila Mariana, São Paulo, SP Telefone: 5575-5633

http://www.clienteg3w.com.br/gelateriazucchero/site/

8. Pizza de mussarella da Padaria Palmeiras

Espremida entre as casinhas velhas e miseráveis de Santa Cecília e todo o esnobismo de Higienópolis, a Padaria Palmeiras é tradicional e bem antiga. É uma lembrança boa da infância, quando meu pai passava lá depois da igreja, aos domingos, e pedia uma pizza pra gente vir comendo no carro, esticando o queijo e fazendo meleca. Muuuuuuuuuuito queijo. No balcão, você senta e pede a pizza em pedaços – são sabores tradicionais misturados a outros bem exclusivos. A massa é boa e o recheio farto. Dá pra comer outras coisas boas, como o sonho e a tortinha de limão. Nhammm.

Padaria e Confeitaria Palmeiras

Praça Marechal Deodoro, 268, Santa Cecília, São Paulo, SP Telefone: 3666-6054

9. Nhoque ao molho branco da Cantina Capuanno

A Cantina Capuano é o restaurante mais antigo da cidade em funcionamento ininterrupto. Localizada no olho do Bexiga, lugar onde sempre se come muito bem, ela é muito charmosa. Tem cara de coisa antiga, e dá pra ficar horas olhando pras paredes e comentando as relíquias que estão lá. A comida é muito boa, a começar pelo couvert de entrada – uma berinjela sem igual, sardella, linguiça de primeira – e o atendimento é simpático. Lá circulam pessoas idosas cheias de histórias pra contar. As massas, sempre deliciosas, são artesanais e tradicionais, e o molho é impecável. Dá pra aproveitar um cardápio de carne bem sofisticado e gostoso também. Sábados à noite o clima é romântico, com cantores que vão até as mesas oferecer canções aos casais e famílias, e as floristas que entregam flores declamando versos. É um lugar especialíssimo pra mim, onde gosto de lembrar de coisas lindas que lá aconteceram, e também onde gosto de levar visitantes de outras cidades quando vêm pra cá. O único senão é o preço… Mas, de novo, vale a pena em ocasiões especiais.

Cantina Capuano

Rua Conselheiro Carrão, 416, Bela Vista, São Paulo, SP  Telefone: 3288-1460


10. Rodízio de sopas da Dona Deôla

Padarias são espaços muito interessantes. Dá pra comer de tudo, bem à vontade e sem frescura. A Dona Deôla do Alto da Lapa é muito, muito charmosa. Tem um bufê de sopas bem servido no inverno ( o caldo verde é delícia ), lanches tradicionais e especiais, pizza e sucos, doces e pratos rápidos – tudo muito bem servido, rápido e muito gostoso. Funciona 24 horas. Delícia ir lá depois das 2 da manhã, quando o atendimento é mais tranquilo e dá pra estacionar numa boa – nos horários de pico é uma loucura. Pra quem é da manhã, tem um café matinal delicioso. Vale marcar também o bolo bem-casado, uma bomba calórica que vale cada mordida, de tão gostoso que é. NHam nham nham.

Padaria Dona Deôla

Rua Pio XI, 1377, Alto da Lapa, São Paulo, SP  Telefone: 3022-5640

http://www.donadeola.com.br/

EXPEDIENTE

Quero agradecer imensamente aos mais de 3000 votos que o Mafalda Crescida recebeu no concurso BlogBooks. Ele ficou entre os 10 mais votados na categoria Universo Feminino, e agora será analisado por uma comissão editorial, junto com outros 9 fortes concorrentes, para, quem sabe, virar livro de verdade.

Se o blog finalmente será editado em papel, não sei. Mas sei que, em seus mais de 7 anos de existência, ele já me trouxe muitas alegrias. Além do aprendizado de me compreender melhor ao tentar traduzir o que sinto e penso em palavras… Ele me trouxe amigos sinceros e raros, viagens, experiências culturais, amores, notoriedade, descobertas, proximidade com pessoas pela afinidade… E a alegria de poder usar a palavra, essa mais fantástica invenção humana, essa dádiva divina… Para comunicar o que vai dentro de mim. VALEU!

E vamos ficar na torcida… Quem sabe logo, logo o Mafaldinha vai parar na estante de vocês. 🙂

Anúncios

7 comentários sobre “10 GORDICES PARA SE ESBALDAR EM SAMPA

  1. Quando vc vai aceitar jantar comigo, mocinha linda e vitoriosa??????? Te levo em qualquer um desses lugares, e tenho outras coisas boas pra te mostrar, e sei que temos outras tantas pra descobrir…
    parabéns pelo prêmio, quando eu conseguir te convencer, terei orgulho em exibir vc por aí como escritora profissional. Já pensou???
    Beijos, abraços e apertões nessa bochecha linda… Adorei as fotos na página “sobre a autora”.

    Curtir

  2. Ai, que post gostoso!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ADOREI!!!!!!!!!!!!!!
    Faltou aí o espetinho nosso… PUTZ!
    E o bolo de abacaxi do FavorettO!
    E a empadinha da Lapa… Ai, como é gostoso sair com vc, amiga! Não só pelo bom papo, mas por vc mostrar essas coisas gostosas pra gente!!!!! QUE FOME! kkkkkk

    Votei em você centenas de vezes, amiga, sabe que te amo e que espero o dia de ver o Mafalda Crescida na minha estante. Vai ter que fazer uma tiragem só pros amigos e pros rapazes que querem curtir o escurinho do jardim do Cacilda com vc…. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Bjo, e se vc não marcar logo de ver essa sua dor de cabeça, apanha até ficar boa.

    Curtir

  3. Eu li, reli, e fiquei pensando (afinal de contas, sou loira…) e cheguei a conclusão que faltou aí a “Cozinha da dona Jaci”, onde a comida é sempre farta e as conversas, então…
    Adorei! Agora vamos combinar aquele chá do Viena, já que o assunto é esse!
    Beijos, com saudades…

    Curtir

  4. Miga lindaaaaaaaaaaaa, brigada, brigada, brigada!
    Agora eu não vou mais ficar com cara de perdida quando o meu namorado novo lindo me pedir sugestão de onde a gente pode ir… Sabe como é, anos casada com um toglodita que não me levava nem na esquina, perdi a prática. rs De fato, comer junto é das melhores coisas que tem pra se fazer na vida.
    Aquele pão de alho com a carne de sol do amigos do Picuí, e a coxinha do Frangó, podiam estar aí tb, né não? E aquele suco de tangerina que vc adora!
    MAs concordo com quem disse que a cozinha da sua casa é que é de tirar o chapéu! O seu nhoque, as suas tortas e bolos, a lasanha e a feijoada que vc faz, tem pra ninguém não! E a maionese, então… Ai, que saudade! Me chama pra almoçar aí! :-))))
    Ah, são tantas gordices, mas não quero tirar vc do bom caminho, agora que vc tá ficando magrinha! Hehe. Amanhã acho que cruzo com vc na nossa caminhada dominical e te dou um abraço de agradecimento e de parabéns pelo livro que vai sair!
    Bjos!

    Curtir

  5. Karina,
    Como sempre, post maravilhoso e delicioso!
    Vou anotar suas sugestões e quando estiver em Sampa… vou conferir…
    Ah… estou torcendo para o meu blog favorito virar livro… Seria bom demais da conta!!!
    Beijos…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s