40 TEMAS PARA OS 40 ANOS – INOCÊNCIA

d31de-eljardinerofielclarissapinkola252cplegaria

Existe uma diferença entre ser ingênua e ser inocente, foi o que eu aprendi uma vez.
A pessoa ingênua não sabe que o mal existe; não sabe que ele pode se manifestar a qualquer momento, seja na pessoa mais próxima ou na mais distante, no mais miúdo específico ou no mais generalizado. A ingênua sempre é surpreendida e destruída pelo mal. Me lembro dos meus tempos de ingenuidade. Doces e inconsequentes tempos.]
A pessoa inocente é diferente. Ela sabe que as pessoas podem mentir, roubar, destruir, humilhar. Ela sabe que o mal é forte e numeroso, sabe que ele está sempre à espreita, esperando para acontecer, esperando para derrubar e aniquilar as partes boas de tudo. A pessoa inocente sabe que tudo aqui é pequeno e mesquinho. Ela entende que o fascismo, a violência, o medo e as falhas de caráter existem e frequentemente ganham espaço, rápida e estrondosamente. Ela sabe também que existe uma energia forte que gosta de destruir frequentemente as pessoas que optam por serem inocentes, só pra contrariá-las, e provar que elas não têm razão.


Mas mesmo sabendo disso, a pessoa inocente prefere acreditar que tudo vai ser diferente, e tudo vai dar certo, que as pessoas são boas e não vão machucá-la. Ela escolhe acreditar no melhor.


Por isso, quando é agredida, machucada, violada, importunada, contrariada, a pessoa inocente não cai – ela estava preparada para isso. Acha que é uma pena que tenha sido assim, mas não cai.


Creio que todo mundo é ingênuo uma vez na vida. E diante das primeiras quedas, há que se tomar uma decisão. Ser cínico, melancólico, desconfiado, e não acreditar mais, não ter mais esperança. Ser aquele que fere, ao invés de ser o ferido. 


Ou… Ser inocente.


Manter-se inocente é uma arte que eu tento cultivar em mim há muito, muito tempo. Não posso aceitar o triunfo do desolamento sobre a esperança. Não posso aceitar a perda da fé para o cinismo. Não posso, porque não posso perder a alegria. Não posso deixar de dar um voto de confiança. Não posso deixar de fazer a minha parte. 


Não nego que muitas vezes já me machuquei. Mas não me arrependo de tentar. 


Caso contrário, ao invés de mudar o mundo, será o mundo que terá me mudado.
E isso não vou deixar.

Anúncios

Um comentário sobre “40 TEMAS PARA OS 40 ANOS – INOCÊNCIA

  1. Foi vc mesma quem me ensinou uma vez: seus pontos fortes são também seus pontos fracos. A sua doçura e bondade são justamente o que de melhor você oferece, e ao mesmo tempo o que mais lhe machuca. Não peça perdão por ser quem é, por ser intensa em um mundo indiferente, por ser preciosa em um mundo barato, por ser verdadeira em um mundo que mente. É isso que faz mta gente seguir em frente, pode acreditar. Amo-te pra sempre. Força aí.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s